terça-feira, 11 de novembro de 2014

Dicas de Maquilhagem para cada tipo de olho

Olá minhas Charmosas Lindas!!! Tudo bem com você???

Hoje venho vos trazer algumas dicas de maquilhagem para cada tipo de olhos.

Na hora de maquilhar sempre fazemos aqueles passos habituais que são essenciais na maquilhagem, tais como: defina o côncavo”,  ”ilumine a área abaixo da sobrancelha”, “faça um V para marcar o canto exterior”, entre diversas outras… 
 
Mas será que isso funciona para todos os formatos? Basicamente sim.
Acontece que cada pessoas tem o seu tipo de olho. Os formatos variam muito e a técnica que funciona muito bem para uma pessoa, pode ter resultados desastrosos em outra. Por isso, pesquisei algumas dicas para que possam tirar o melhor proveito do efeito da maquilhagem de acordo com o formato dos nossos olhos. Os formatos ainda podem ser básicos, mas com certeza há algum com o qual você irá se identificar.

Este formato é totalmente proporcional e simplesmente não há nada para tentar se corrigir. 
O básico da maquilhagem se aplica aqui: passe uma sombra (de cor de clara) na pálpebra inteira e contorne rente à raiz das pestanas (superiores e inferiores) com sombra mais escura. Defina o côncavo. Una a marcação do côncavo ao contorno das pestanas superiores como se fosse um “V”, reforçada com sombra mais escura, esfumando bem. Se desejar, destaque os olhos com delineador como preferir.
A maquilhagem para este tipo de olhos pode ser super flexível. Escolha a técnica e o efeito que quiser. Neste formato tudo fica bem!


Quando há uma distância grande entre os olhos, a maquiagem pode criar a ilusão de proximidade. O segredo está em reforçar o canto interno dos olhos com sombra levemente mais escura, pois assim dá a ilusão de mais próximos. O mesmo para o côncavo, vá do canto interno do olho até no máximo o centro. Se quiser, crie uma “barreira” ótica aplicando sombra mais escura também no canto externo dos olhos, com cuidado para não ultrapassar de maneira nenhuma os limites da pálpebra. Não é aconselhável que se “puxe” olhos de gatinho, pois o efeito irá acentuar mais ainda a distância entre os olhos.



O oposto do caso acima. Neste caso, quanto mais o foco estiver no canto externo dos olhos, melhor. Defina o côncavo da metade dos olhos para fora e aplique sombra escura ultrapassando os limites da pálpebra. Delineado do tipo “gatinho” também é uma boa opção para alongar a distância entre os olhos, principalmente se for feito somente a partir da metade dos olhos em direção à área externa. Aplique máscara preferencialmente nos cantos externos das pestanas. Não se esqueça do iluminador no canto interno dos olhos, para aumentar mais ainda a ilusão de distância.



Os olhos grandes podem ser suavizados com efeitos de sombra e luz. Tente escurecer todo o contorno dos olhos, começando pela linha d’água superior e inferior. O côncavo e a linha das pestanas devem ser reforçados com sombra mais escura. A idéia é criar efeitos de sombras para parecer que os olhos estão mais profundos. O delineado pode ir do canto interno até ultrapassar o canto externo, tanto na pálpebra superior quanto na inferior, engrossando o traçado na direção externa. A intenção é “achatar” um pouco os olhos.

Quanto mais “luz” na área, melhor. Por isso, em primeiro lugar, use uma sombra iluminadora em toda pálpebra. Pode escurecer um pouco a área do côncavo e o canto exterior os olhos, mas sem marcar muito. Evite passar maquilhagem escura no canto interno dos olhos, prefira iluminar essa área. Não use tons muito luminosos logo abaixo da sobrancelha, pois essa área normalmente já é mais alta e destacada neste caso.


Lápis branco na linha d’água inferior, para os olhos parecerem maiores. Uma sombra luminosa por toda a pálpebra e no canto externo uma sombra levemente mais escura. Cuidado com o lápis preto na linha d’água: ele diminui mais ainda os olhos! Nesse caso, se quiser delinear os olhos, é melhor fazê-lo só por fora, tanto rente à raiz das pestanas superiores, quanto na inferior.



Procure criar a impressão de que tem mais pálpebra à mostra. Na aplicação da cor escolhida para a pálpebra superior, procure ultrapassar o côncavo. Defina o côncavo mais alto do que definiria normalmente. Na pálpebra inferior, logo abaixo das pestanas, aplique a cor do canto externo até ao centro dos olhos. Faça delineado também do centro dos olhos até o canto externo, num traçado mais fino. Pode iluminar abaixo da sobrancelha, mas bem rente a sobrancelha, para colaborar com o efeito de pálpebras aumentadas.
E o mais importante: esqueça os produtos cremosos ou oleosos demais! Vão borrar, manchar ou transferir, com certeza!



No caso em que o formato dos olhos é caído, principalmente no canto externo inferior, a solução é tentar voltar toda a atenção para a parte superior. Evite passar maquilhagem na área inferior, principalmente lápis preto, pois isso só intensifica mais ainda o caidinho dos olhos.
Trabalhe a área superior, sempre de maneira a levantar o olhar. Procure reconstruir o amendoado dos olhos, aplicando a sombra mais escura voltada para o canto externo superior dos olhos, ultrapassando área da pálpebra e do côncavo, criando um efeito de “olhos de gatinho”. O delineador também deve ser aplicado na direção do final da sobrancelha, sempre puxando para cima nos cantos externos. O traçado pode ser mais fino, quase imperceptível na parte interna dos olhos e ir engrossando até a parte externa, ou simplesmente começar a partir da metade dos olhos.  
Reforce a sobrancelha e aplique um pouco de iluminador logo abaixo dela. Passe bastante máscara, principalmente na parte externa. Iluminador no cantinho interno dos olhos também é bem vindo!

Imagens retiradas do Google...
Alguém já se identificou com algum destes formatos???

Espero que vos tenha ajudado de alguma maneira. 
Compartilhem...
Sigam as minhas redes sociais.

Fiquem com Deus.

Beijos,
Helena Nunes
 


 


Sem comentários:

Enviar um comentário

SE VOCÊ GOSTOU DESTE POST, TAMBÉM PODE GOSTAR DESTES:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Parceria

Parceria
Oriflame Cosméticos